Pedido de Música

Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Número de crimes violentos em Uberaba diminui mas aumenta a violência doméstica - ATIVIDADE FM 104.9 PEDRINÓPOLIS-MG

Número de crimes violentos em Uberaba diminui mas aumenta a violência doméstica

Em Uberaba, cai o número de crimes violentos e cresce registros de violência doméstica — Foto: Sérgio Teixeira/Assessoria de Comunicação da 5º RPM

Em Uberaba, cai o número de crimes violentos e cresce registros de violência doméstica — Foto: Sérgio Teixeira/Assessoria de Comunicação da 5º RPM

O número de crimes violentos em Uberaba diminuiu 24% no primeiro trimestre de 2020 em relação ao mesmo período de 2019. Em contrapartida, os registros de violência doméstica e familiar contra a mulher aumentaram 2%.

Crimes de outras naturezas, como furto e lesão corporal, tiveram redução de quase 3% comparado a janeiro, fevereiro e março do ano passado.

O comparativo (veja abaixo) foi feito pela reportagem do G1 com base nos dados disponíveis no site da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp).

Os dados utilizados pela Sejusp foram retirados do Armazém de Dados do Sistema Integrado de Defesa Social (Armazém Sids). Nele, são compilados todos os Registros de Eventos de Defesa Social (Reds) para todo as naturezas de crimes.

Por ser um sistema integrado, o Armazém Sids abrange todas as notificações registradas pela Polícia Militar (PM), Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG), Corpo de Bombeiros, Sistema Prisional e Sistema Socioeducativo.

Crimes violentos

São considerados crimes violentos estupro consumado; estupro de vulnerável consumado; estupro de vulnerável tentado; estupro tentado; extorsão consumado; extorsão tentado; extorsão mediante sequestro consumado; homicídio tentado; homicídio consumado; roubo consumado; roubo tentado; sequestro e cárcere privado consumado; e sequestro e cárcere privado tentado.

No primeiro trimestre de 2019, a soma de registros destes crimes em Uberaba resultou no saldo de 495. Neste ano, foram 376, representando uma redução de 119 registros (-24%).

Se divididos, os crimes que tiveram aumento considerável foram os de estupro de vulnerável consumado (+90%); estupro tentado (+200%); homicídio consumado (+166%); e sequestro e cárcere privado consumado (+100%).

Os crimes que diminuíram foram os de estupro consumado (-28,57%); extorsão tentado (-100%); homicídio tentado (-90%); roubo consumado (-25,17%); e roubo tentado (-51,61%).

Crimes violentos em Uberaba

Tipo de Crime Janeiro a março de 2019 Janeiro a março de 2020 Variação em %
Estupro consumado 7 5 -28,57%
Estupro de vulnerável consumado 10 19 +90%
Estupro de vulnerável tentado 0 0
Estupro tentado 1 3 +200%
Extorsão consumado 2 2
Extorsão tentado 1 0 -100%
Extorsão mediante sequestro consumado 0 0
Homicídio consumado 3 8 +166%
Homicídio tentado 10 1 -90%
Roubo consumado 429 321 -25,17%
Roubo tentado 31 15 -51,61%
Sequestro e cárcere privado consumado 1 2 +100%
Sequestro e cárcere privado tentado 0 0
Total 495 376 – 24,04%

Ainda segundo os dados da Sejusp, todos os alvos de roubo – cargas, estabelecimento comercial, residência, transeunte e transporte coletivo – tiveram queda em Uberaba: de 258 no primeiro trimestre de 2019, passou para 211 registros no mesmo período em 2020. Isso significa uma diminuição de 18%.

Alvos de roubo em Uberaba

Tipos de alvo Janeiro a março de 2019 Janeiro a março de 2020 Variação em %
Cargas 3 3
Estabelecimento comercial 61 72 +18%
Residência 53 32 -36,62%
Transeunte 140 100 -28,57%
Transporte coletivo 1 4 +300%
Total 258 211 -18%

Outras naturezas

O banco de registros de outras naturezas abrange furto e lesão corporal como as principais infrações. Em Uberaba, houve uma redução de quase 3% nesse tipo de registro.

Crimes de outras naturezas em Uberaba

Tipo de crime Janeiro a março de 2019 Janeiro a março de 2020 Variação em %
Furto 1.722 1.713 -0,52%
Lesão corporal 330 282 -14,54%
Total 2.052 1.995 -2,77%

Alvos de furto

Em Uberaba, todos os alvos de furto também diminuíram: de 954 no primeiro trimestre de 2019, passou para 866 registros no mesmo período em 2020. Isso significa uma redução de 9%.

Alvos de furto em Uberaba

Tipos de alvo Janeiro a março de 2019 Janeiro a março de 2020 Variação em %
Cargas 2 1 -50%
Estabelecimento comercial 200 205 +2,5%
Residência 473 491 +3,8%
Transeunte 237 125 -47,25%
Transporte coletivo 42 44 +4,76%
Total 954 866 -9%

Violência doméstica e familiar contra a mulher

Em 2019, nos primeiros três meses do ano, foram 588 registros de violência doméstica e familiar contra a mulher em Uberaba. Em 2020, foram 601 – 2% a mais que no ano anterior.

A média de registros em 2019 foi de 196 por mês; neste ano, a média mensal foi de 200 casos de violência contra a mulher em Uberaba.

Para este levantamento, foram considerados os casos em que a relação entre vítima e autor seja de cônjuge ou companheiro; ex-cônjuge ou ex-companheiro; cônjuge; ex-cônjuge; filho ou enteado; irmão; namorado (a); relacionamento extraconjugal; pais ou responsável legal; coabitação/hospitalidade/relações domésticas; avôs/bisavôs/tataravôs; netos/bisnetos/tataranetos.

Fonte: G1 Triângulo mineiro

© Direitos reservados 2004 - 2020 Web Rádio administrável