Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

No comando: Programação Automática

Das 00:00 as 05:59

No comando: Manhã Rural

Das 05:00 as 06:59

show
No comando: Show da manhã

Das 06:00 as 09:59

padre-reginaldo-manzotti-1
No comando: Experiência de Deus

Das 10:00 as 11:00

sintonia
No comando: Sintonia Positiva

Das 11:00 as 12:59

16a
No comando: Sucesso Integral

Das 13:00 as 15:59

sertanejo
No comando: Sertanejo bom demais

Das 16:00 as 18:59

No comando: Programação Automática

Das 20:00 as 22:59

No comando: Flashback

Das 23:00 as 23:59

Quadrilha faz policial refém e explode caixas de agência bancária em Perdizes

Compartilhe:

Uma agência do Banco do Brasil foi explodida por seis criminosos na madrugada desta quarta-feira (10), em Perdizes, no Alto Paranaíba. Um policial militar foi feito refém e agredido pelos criminosos. Uma agência do Bradesco também ficou danificada devido à explosão.

A assessoria de comunicação do Bradesco informou que a agência está funcionando normalmente.

De acordo com a ocorrência, o fato ocorreu por volta das 2h, no Centro da cidade. Dois militares que faziam patrulhamento na região foram abordados pelos autores, que estavam em um carro, e um deles foi feito refém. O outro policial conseguiu fugir para pedir ajuda.

Instantes depois, outras duas pessoas, com idades não informadas, também foram abordadas e tiveram o veículo levado pelos criminosos. A quadrilha levou o policial até as agências e explodiram os caixas eletrônicos.

Segundo a PM, os autores estavam com fuzis, coletes à prova de balas e com toucas ninjas. Após a ação, os dois veículos foram abandonados, um deles na zona rural e o outro no perímetro urbano do município.

O policial foi agredido pelos autores, está sendo atendido em um hospital de Uberaba e passa por avaliação medica.

A quantia em dinheiro levada pela quadrilha não foi informada. Durante rastreamento a PM encontrou próximo a saída da cidade os veículos utilizados na ação, dentro de um deles foi localizado parte do dinheiro.

O rastreamento continua para localizar os criminosos.


Fonte: G1 Triângulo Mineiro

Deixe seu comentário: